Novo centro de tratamento do COVID-19, com pílulas, abrirá em Massachusetts

Wilson Smith

COVIDPP

Nas próximas semanas serão instalados em Massachusetts novos locais de atendimento para sintomas gripais, operados pelo governo federal, com o objetivo de atender os americanos com teste positivo para COVID-19, nas instalações a população receberá imediatamente uma avaliação médica e medicamento antiviral. Essa decisão da Casa Branca busca expandir o acesso a medicamentos e potencialmente minimizar os impactos da doença.

O Paxlovid continua sendo um dos tratamentos mais eficazes contra o coronavírus. A pílula antiviral oral, produzida pela Pfizer, é bastante eficaz e pode reduzir o risco de hospitalização ou morte por COVID em 90% dos casos.

A administração Biden disse, na quinta-feira, que abriria o primeiro local federal de “Teste para tratamento” em Rhode Island. Espera-se que mais espaços apoiados pelo governo federal sejam criados em Massachusetts e Nova York nas próximas semanas.

O Paxlovid é normalmente fornecido a pacientes com maior risco de serem hospitalizados ou morrerem em decorrência de COVID. A Food and Drug Administration disse que várias condições subjacentes podem aumentar o risco de um caso grave de COVID, desde doença pulmonar crônica e obesidade, até dificuldades de aprendizado e lesões na medula espinhal.

As prescrições do antiviral aumentaram seis vezes nas últimas sete semanas, e mais de 182.000 pessoas receberam o medicamento na semana passada, segundo a Casa Branca.

O local de teste para tratar administrado pelo governo federal em Providence permitirá que as pessoas que testam positivo sejam direcionadas para consulta médica, onde vão ser avaliadas para uma prescrição de Paxlovid e já recebam o medicamento no mesmo local.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp