Ex-chefe de campanha de Trump se declara culpado à Justiça

Marcony Almeida

gas-explosion-lawrence-massachusetts

O ex-chefe de campanha do Presidente Trump, Paul Manafort, se declarou culpado à justiça e concordou, hoje (14), em prestar depoimento ao conselheiro especial Robert S. Mueller III como parte de um acordo que poderia responder a algumas das questões mais críticas sobre se os americanos conspiraram com os esforços russos para influenciar a eleição de 2016.

A decisão de cooperar com Mueller na esperança de uma sentença menor é uma evolução impressionante, sinalizando a rendição de Manafort a acusações criminais de que ele enganou o Internal Revenue Service, violou as leis estrangeiras de lobby e tentou obstruir a justiça ao abrir uma nova vulnerabilidade legal para Trump.

“Eu me declaro culpado”, disse Manafort à juíza distrital Amy Berman Jackson em uma audiencia, hoje pela manhã, em um tribunal federal na capital americana. Como parte de seu pedido, Manafort admitiu a anos de crimes financeiros para esconder seu dinheiro do IRS, e prometeu contar ao governo sobre “sua participação e conhecimento de todas as atividades criminosas”.

Termos

Compartilhe

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved