Massachusetts prolonga fechamento até 18 de maio

Marcony Almeida

BUC

A maior parte da vida pública em Massachusetts permanecerá fechada até pelo menos 18 de maio, mas o estado poderá iniciar uma “reabertura gradual” cautelosa após esse ponto, com base nas recomendações futuras de um novo grupo consultivo de análise anunciado, hoje, pelo governador Charlie Baker.

Baker estendeu dois decretos previamente assinados, um exigindo que negócios não-essenciais mantenham suas portas fechadas para trabalhadores, clientes e público, e outro que proíbe eventos com mais de 10 pessoas. Ele também estendeu um aviso de que os residentes fiquem em casa para segurança da saúde pública sempre que possível. O prazo anterior de “ficar em casa” expirava em 4 de maio.

Durante sua coletiva de imprensa diária, Baker disse que reconhece que os fechamentos – que também incluem fechamento físico de escolas até o final do ano acadêmico – têm consequências econômicas significativas. No entanto, ele defendeu as medidas como necessárias para salvar vidas durante a pandemia do COVID-19.

“Eu sei que adiar essas datas algumas semanas provavelmente não é o que todo mundo quer ouvir”, disse Baker. “Estamos todos ansiosos para entrar na frente deste pódio para dizer que estamos começando a abrir negócios. Sei que chegaremos lá em breve, mas temos que ser espertos sobre como fazê-lo e reconhecer e entender que existem riscos associados à abertura muito cedo”.

O distanciamento que emergiu durante a pandemia do COVID-19 continuará por várias semanas, como resultado do anúncio de Baker. O governador, também, delineou algumas etapas sobre como Massachusetts vai se preparer para reabrir o comércio.

A vice-governadora, Karyn Polito, e o secretário de Habitação e Desenvolvimento Econômico, Mike Kennealy, liderarão um novo conselho consultivo de 17 membros encarregado de redigir o que Baker chamou de “novas regras de reabertura” para revitalizar a atividade econômica e facilitar as recomendações de permanência em casa.

Polito disse que os membros enviarão recomendações ao governador até o dia 18 de maio para ajudar a orientar os próximos passos.

“Vamos desenvolver a ferramenta de planejamento que será o roteiro para a reabertura através de fases, inteligente e segura”, afirmou Polito. “A principal prioridade continua sendo a saúde e a segurança dos residentes de Massachusetts, e nosso plano de reabrir incluirá orientações para espaços compartilhados higienizados, protocolos de distanciamento social realistas para clientes e funcionários, e acesso expandido a testes”.

O governador apresentou várias idéias que o grupo consultivo poderia explorar, como horários de trabalho diferentes para ajudar a evitar o excesso de pessoas nos transportes públicos.

Baker e Polito enfatizaram que qualquer reabertura ocorrerá gradualmente, com o governador acrescentando que “não será todo mundo de uma só vez”.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

quinze + 15 =