Governo Biden emite novas diretrizes de prisão e deportação

Marcony Almeida

ICE

O secretário de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, emitiu novas diretrizes aos oficiais da Imigração, hoje, dizendo que o fato de alguém ser um imigrante sem documentos “não deveria ser a única base” para uma decisão de detê-los e deportá-los dos Estados Unidos.

“O governo Biden continuará a priorizar a prisão e deportação de imigrantes que representam uma ameaça à segurança nacional e pública, e daqueles que recentemente cruzaram a fronteira ilegalmente para os Estados Unidos”, disse Mayorkas em entrevista à imprensa. Mayorkas acrescentou que os oficiais de Imigração e Fiscalização Alfandegária (ICE) não devem tentar prender e deportar trabalhadores rurais, idosos e outras pessoas vulneráveis ​​à deportação sob a administração Trump, que permitiu que os agentes prendessem qualquer pessoa ilegalmente no país.

Ele também disse que os agentes devem evitar a detenção de imigrantes que aparecem em seus radares porque falam contra proprietários de imóveis ou empregadores “inescrupulosos”, ou em manifestações públicas. As novas regras entram em vigor no dia 29 de novembro. “A questão primordial é se o não-cidadão representa uma ameaça atual à segurança pública”, escreveu Mayorkas em um memorando aos chefes das agências de imigração e fronteira.

“Vamos perder o tempo apreendendo e removendo o agricultor que está quebrando as costas para colher frutas que todos colocamos em nossas mesas?” Mayorkas disse na entrevista. “Porque, se perseguirmos esse indivíduo, não gastaremos esses mesmos recursos com alguém que, de fato, ameaça nossa segurança. E é disso que se trata”. Mas o Secretário também concedeu aos agentes do ICE muito mais liberdade para decidir se deportam alguém ou não, ou seja, eles podem decider deportar sem a necessidade de aprovação de supervisores e gerentes.

Mayorkas disse que monitoraria os dados que mostram a conformidade dos agentes com as diretrizes, mas não os microgerenciaria. “Eu confio na força de trabalho do ICE, e confio na liderança do ICE, e tenho confiança em minha própria liderança e nos esforços que fiz para me envolver com a força de trabalho do ICE e discutir com eles essas mesmas questões”, disse ele.

O Secretário emitiu as novas instruções aos agentes de Imigração em um momento crítico para os 11 milhões de imigrantes indocumentados, a maioria dos quais mora aqui há anos, e para a controversa agência federal encarregada de fazer cumprir as leis de Imigração.

O Presidente Biden prometeu um caminho para a cidadania para os indocumentados este ano, mas as negociações com os republicanos fracassaram em meio a uma nova onda de imigrantes na fronteira com o México. Além disso, o Senado enfrentou bloqueios consecutivos em seu esforço para incluir um processo de legalização no orçamento federal, com a parlamentária da casa rejeitando outra proposta esta semana.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *