Casa Branca afirma que epidemia deve está chegando ao fim

Wilson Smith

AGO (5)

De acordo com o comunicado divulgado, hoje, pelos funcionários do governo Biden, os casos de COVID-19 nos Estados Unidos continuam caindo, depois que a variante Omicron causou um rápido aumento, e o país está entrando num período em que o vírus “não será mais considerado uma crise”. Assim, o Centro para Controle e Prevenção de Doenças pode, em breve, mudar suas recomendações.

Em uma coletiva de imprensa na Casa Branca, o coordenador da crise de COVID-19, Jeff Zients, disse que os funcionários do governo Biden estão planejando um momento certo para declarar que o vírus “não será tratado como uma crise, mas, como algo contra o qual poderemos nos proteger e tratar”. Sua afirmação é baseada nos últimos testes feitos na população. A evolução dos tratamentos para COVID-19 também foi levada em consideração, bem como o fato que cerca de 75% dos adultos dos EUA estão totalmente vacinados.

A Dra. Rochelle Walensky, diretora do CDC, disse que os casos de Omicron estão diminuindo, caminhando para uma redução já esperada, “estamos todos otimistas com esse momento positivo, porém, cautelosos, porque tenho notado que mais de 97% dos distritos americanos ainda estão apresentando altas taxas de transmissão comunitária. As coisas estão caminhando na direção certa, mas, queremos permanecer vigilantes fazendo todo o possível para que no momento certo possamos alcançar a normalidade”, finalizou, Walensky.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Leave a Reply

Your email address will not be published.