Massachusetts dará um passo atrás em seu plano de reabertura

Marcony Almeida

Handsome man exercise with dumbbell in the gym

Massachusetts dará um passo atrás em seu plano de reabertura, anunciou, hoje, o governador Charlie Baker, uma mudança que reduzirá o limite máximo de reuniões ao ar livre e fechará alguns negócios recreativos internos, bem como alguns locais de apresentações.

“Se a taxa de infecção dos residentes de Massachusetts continuar nesse ritmo, simplesmente não será possível ser sustentado com o tempo, e nosso sistema de saúde estará em risco”, disse Baker. O governador acrescentou que os limites de capacidade também serão reduzidos para 40% em relação a “praticamente tudo”, incluindo academias, bibliotecas, museus, lojas de varejo, templos religiosos e cinemas.

As alterações entrarão em vigor no domingo. Haverá também uma orientação “reforçada” sobre o uso de máscaras, e a capacidade máxima de pessoas por mesa em restaurantes será reduzida de 10 para 6, com um limite de tempo de 90 minutos, disse. As etapas seguem um anúncio feito na segunda-feira, afirmando que os hospitais vão restringir procedimentos eletivos a partir de sexta-feira.

O chefe do executivo estadual disse ainda que as novas infecções e hospitalizações registradas desde o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving) refletem “tendências perturbadoras”. Embora as vacinas que estão programadas para chegar a Massachusetts neste mês ofereçam esperança, ele disse: “não podemos simplesmente esperar a vacina chegar”.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

13 + 6 =