A governadora Maura Healey envia funcionários para a fronteira EUA-México

Wilson Smith

MUSA

A governadora de Massachusetts, Maura Healey, enviou nesta semana membros de sua administração para a fronteira sul dos EUA, à medida que um número recorde de famílias imigrantes continua a chegar a Boston e o sistema de abrigo familiar do Estado está atingindo sua capacidade máxima. O objetivo da viagem é estabelecer conexões com a Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA, a Força-Tarefa Conjunta Norte, organizações não-governamentais (ONGs) e famílias para informá-los sobre a falta de disponibilidade de abrigo em Massachusetts.

“Esta viagem é uma oportunidade importante para encontrar famílias que estão chegando aos EUA e as organizações que trabalham com elas na fronteira para garantir que tenham informações precisas sobre a falta de espaço nos abrigos em Massachusetts. É essencial que divulguemos a informação de que nossos abrigos estão lotados para que as famílias possam planejar de acordo e garantir que tenham um lugar seguro para ir”, disse o Diretor de Assistência de Emergência, General Scott Rice. 

A equipe está visitando o Aeroporto de San Antonio, o Centro de Recursos e Abrigo para Migrantes de San Antonio, a Instalação de Processamento Ursula em McAllen, o Porto de Entrada de Hidalgo e o Centro de Boas-Vindas para Imigrantes em Brownsville. San Antonio, McAllen, Hidalgo e Brownsville são os pontos de entrada mais comuns para as famílias que posteriormente chegam a Massachusetts.

O governo está implementando uma nova política de duração de estadia de nove meses nos abrigos de Assistência de Emergência (EA) que foi aprovada pela Legislatura. Famílias que permanecem em locais de rede de segurança estão sujeitas a requisitos de engajamento de 30 dias.

Além disso, a administração priorizou autorizações de trabalho, treinamento e colocação profissional, aulas de ESOL e assistência para reabrigamento para ajudar as famílias a saírem dos locais de abrigo de emergência para moradias mais estáveis. Desde novembro de 2023, a administração ajudou 3.785 imigrantes a solicitar autorizações de trabalho, e espera-se que a grande maioria tenha sido aprovada. Além disso, 1.120 imigrantes estão matriculados em aulas de ESOL. No geral, 1.120 residentes de EA conseguiram empregos nos últimos meses.

Termos

Compartilhe

ADVERTISE

Nossa Revista

V12 - 2019 | Nº 78
V12 - 2019 | Nº 78

REDES SOCIAIS

Últimas Notícias