Relatório aponta que carteira para indocumentados geraria renda para Massachusetts

Marcony Almeida

Carteira

Permitir que imigrantes indocumentados adquiram carteiras de motorista pode gerar milhões de dólares em receita tanto para o estado quanto para as companhias de seguros, disseram pesquisadores em um relatório divulgado na manhã de hoje (4).

As propostas para debate numa audiência pública lotada do Comitê de Transporte, hoje pela manhã, na State House, permitiriam que imigrantes indocumentados que residem em Massachusetts solicitem e recebam carteiras de motoristas comuns. Num relatório, o Massachusetts Budget and Policy Center disse que a aprovação do projeto provavelmente geraria US$ 6 milhões em receita estadual nos primeiros três anos, US$ 62 milhões em receita adicional para companhias de seguros, e reduziria o pagamento do prêmio de seguro de motorista em cerca de US$ 20 por ano.

A presidente do Budget and Policy Center, Marie-Frances Rivera, descreveu a proposta, que foi apresentada anteriormente sem ganhar força, como “economicamente sensível e simplesmente a coisa certa a fazer”. “O documento para motoristas indocumentados não apenas permite que eles e suas famílias acessem às necessidades básicas, como também permite que os empregadores tenham trabalhadores mais qualificados em nosso mercado de trabalho restrito”, disse Rivera num comunicado.

A audiência foi transferida para o Gardner Auditorium, o maior local de reuniões na State House, para acomodar a multidão. Com o auditório lotado, os oficiais de justiça removeram os participantes que aplaudiram as pessoas que testemunhavam, substituindo-as por outras que estavam esperando do lado de fora.

Termos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

quatro + quinze =

Fechar Menu