Quem deve receber a vacina contra a varíola dos macacos em Massachusetts?

Wilson Smith

MG

Com a vacina contra a varíola dos macacos em falta, e os casos aumentando rapidamente, as autoridades estaduais de saúde instruíram os fornecedores a agendar apenas a primeira de duas doses da vacina.

O objetivo é dar alguma proteção ao maior número possível de pessoas até que mais vacinas estejam disponíveis, na esperança de conter um vírus de rápida disseminação que pegou o país de surpresa. A vacina conhecida como Jynneos, é normalmente administrada em duas doses com 28 dias de intervalo, mas, as autoridades de saúde disseram que a segunda dose ainda seria eficaz se adiada.

Em uma diretriz que entrou em vigor hoje (09), o Departamento de Saúde Pública do Estado, disse às clínicas que oferecem a vacina para honrar quaisquer consultas de segunda dose já agendadas, porém, que se abstenham de fazer novas.

O Dr. Paul Biddinger, médico diretor de preparação para emergências do Mass General Brigham, que têm assessorado o Departamento de Saúde do Estado, disse a mídia que a mudança na estratégia, significa quase dobrar o número de pessoas que podem ser vacinadas, em um momento em que o número de casos está aumentando. Na semana passada, Massachusetts havia relatado 157 casos de varíola dos macacos, com 42 diagnosticados entre 28 de julho e 3 de agosto.

 

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp