Os humanos e os cactos

Sabemos através de pesquisas que os humanos já habitam na terra há cerca de 2.5 milhões  de anos e surgiram primeiramente na Africa Oriental. Lucy, também conhecida por Dinknesh, é um fóssil que foi encontrado na Etiópia e data de 3.2 milhões de anos antes de nós. A palavra Cactos é o plural de Cacto, e são plantas da família das cactacias de caule anguloso. Alguns dão flores de cores vivas que são bem bonitas e tem as folhas cheias de espinhos.

Os cactos simbolizam a resistência, persistência, força e adaptação, por sobreviverem em ecosistemas muito áridos e quentes tais como os desertos, caatinga e cerrados. Cactos são plantas solitária e seus espinhos servem para afastar predadores. Requerem pouca manutenção e servem para dar um pouco de verde e alegria a diversos tipos de ambientes. Existem vários tipos de cactos, aproximadamente 142 gêneros e 1793 espécies.

Penso que pode haver uma comparação entre os cactos e os humanos. Acho que os cactos podem simboliz a raça humana e o momento que estamos vivendo no nosso planeta Terra, que de tão devastado por nós mesmos, ficou árido por falta de consciência, respeito e afeto dos humanos.

Penso que humanos e cactos sobrevivem pela resiliência, resistência e adaptação. Os cactos, mesmo com toda a diversidade climática, conseguem sobreviver, e alguns ainda nos presenteiam com as flores. Eles acumulam água no seu interior, e para os menos atentos aos seus espinhos, podem causar ferimentos e muita dor física quando penetrarem na nossa pele.

Quando devidamente cortados, servem para alimentar rebanhos de gados, cabras e ovelhas, em áreas onde há escassez de pastos. Nós humanos, também quando bem orientados, servimos ao progresso do mundo e dos nossos semelhantes.

Os cactos são conhecidos no sertão do Brasil como palmas. Alguns também o utilizam como alimento nas culinárias exóticas ou como medicação. Dizem que servem para curar gripes e baixar a febre. Pesquisadores acreditam que depois de moída, a planta pode combater o colesterol, controlar a diabetes e ajudar a emagrecer. Atenção, não estou dando nenhum tipo de receita, não tenho qualificação para isso.

Na verdade, penso que os cactos nos dão uma lição de vida, no momento que conseguem sobreviver em condições altamente desfavoráveis e hostis. Cientistas acreditam que os cactos são ricos em fibras, proteínas, omega 6 e 9 e vitamina C. Os indígenas do México acreditam que a planta tem grande valor nutritivo e melhoram o funcionamento dos intestinos e dos rins, favorecendo a eliminação de líquidos e toxinas.

Em fato, penso que somos muito parecidos com os cactos pelas qualidades já citadas, e também porque, apesar dos espinhos, somos humanos, criaturas de Deus que podem florescer, dependendo da ética e valores que fomos criados e das circunstâncias de vida que atravessamos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved