Oposição à carteira de motorista para o imigrante começa a coletar assinaturas

Wilson Smith

CART

Nesta terça-feira (28) opositores de uma nova lei estadual que daria aos imigrantes sem status legal permanente acesso às carteiras de motorista em Massachusetts começaram a reunir assinaturas da população para garantir uma possível revogação da lei nas urnas em novembro.

O comitê que apoia a mobilização para revogação, Fair and Secure Massachusetts, já começou a distribuir folhas para coletar as assinaturas nos escritórios do Partido Republicano de Massachusetts, em Woburn, com eventos adicionais programados para Tewksbury, Westford, Agawam e possivelmente Buzzards Bay na quarta-feira.

Os opositores devem enviar pelo menos 40.120 assinaturas legítimas às autoridades locais para certificação até as 17h do dia 24 de agosto e depois entregá-las ao gabinete do secretário de estado até 7 de setembro, apenas seguindo esse fluxo a questão pode levar para uma possível revogação nas votações. 

O volume de assinaturas é bastante expressivo, e os opositores não dispõe de muito tempo para realizar esse recolhimento, no entanto, na terça-feira, quando um fluxo constante de ativistas entrou na sede do GOP estadual para pegar as documentações, dois dos líderes dessa mobilização expressaram confiança em suas perspectivas.

“A enxurrada de apoio que estamos recebendo para isso é esmagadora. Você viu hoje, muitas pessoas entrando e saindo daqui. Achamos que isso nos dá a oportunidade de mostrar o que a regra de partido único faz em Beacon Hill”, disse o presidente do Mass. GOP, Jim Lyons.  

Em uma nova pesquisa UMass Amherest / WCVB, 24% dos entrevistados apoiaram fortemente a nova lei, em comparação com 34% que se opuseram fortemente a ela. Um adicional de 16%, em comparação com 12% que se opôs. Vários outros estados aprovaram leis semelhantes, incluindo Connecticut, que viu uma queda subsequente nos acidentes de atropelamento e fuga.

 

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp