Nova variante do coronavírus assumiu o controle e traz preocupações de um surto no inverno

Wilson Smith

COR

Uma nova subvariante do coronavírus está predominando e circulando em Massachusetts. Especialistas da área estão preocupados com um possível aumento de infecções neste inverno, especialmente quando as pessoas se reúnem em casa para as festas de fim de ano. De acordo com as autoridades, para a maioria das pessoas que foram totalmente vacinadas o risco a saúde é muito baixo, podendo sentir alguns incômodos, mas nada muito grave.

O Broad Institute do MIT e Harvard apresentaram uma projeção na quinta-feira (17), dizendo que o vírus, um desdobramento da família Omicron, apelidado de BQ.1.1, foi responsável por 39% dos casos de COVID-19 no Estado. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças relataram na sexta-feira (18), que a variante e seu antecessor, BQ.1, constituíam quase metade dos casos em todo o país.

A disseminação do BQ.1.1 é motivo de preocupação porque vários pequenos estudos publicados no início deste mês sugerem que a variante está entre as mais fortes até agora, podendo romper a imunidade de anticorpos, a primeira linha de defesa do corpo contra infecções. Mesmo as pessoas que receberam recentemente novas doses de reforço bivalente da Pfizer ou Moderna, atualizadas para combater à variante BA.5 anteriormente dominante, têm anticorpos baixíssimo para proteger contra a nova subvariante

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp