Juiz cancela ordem de Trump sobre pergunta de cidadania no Censo

Marcony Almeida

censo

Um juiz federal decidiu contra a adição de uma questão de cidadania apresentada pelo governo Trump para o Censo de 2020. Na primeira grande decisão sobre a questão, o juiz Jesse M. Furman, do Tribunal Distrital do Distrito Sul de Nova York, ordenou que a administração parasse seus planos de acrescentar a pergunta à pesquisa.

Os órgãos que processaram o governo federal comemoraram a decisão. “Esta decisão é uma repreensão vigorosa da tentativa do governo Trump de mobilizar o censo para um ataque às comunidades imigrantes”, disse à imprensa Dale Ho, diretor do Voting Rights Project na American Civil Liberties Union, que era um dos autores do caso.

A administração Trump tentou várias vezes impedir que o caso fosse adiante, principalmente por meio de pedidos à Suprema Corte. A administração provavelmente recorrerá da decisão de Furman no tribunal superior.

Os demandantes do julgamento incluem 18 estados e várias cidades e jurisdições, juntamente com grupos de direitos civis. O julgamento abordou dois dos sete processos judiciais que surgiram da decisão de março do secretário do Comércio, Wilbur Ross, de acrescentar a questão ao Censo. Mais duas tentativas sobre a questão estão em andamento ou prestes a começar.

Os opositores da questão dizem que isso reduziria as taxas de resposta nas comunidades imigrantes e tornaria a pesquisa decenal constitucionalmente mais cara e menos precisa aos estados, principalmente aqueles com grande quantidade de imigrantes. O governo federal disse que a questão era necessária para reforçar a Lei dos Direitos de Voto.

A porta-voz do Departamento de Justiça, Kelly Laco, disse, “estamos desapontados e ainda estamos revisando a decisão”. Ela acrescentou que o governo está “legalmente autorizado a incluir a questão no censo”.

Termos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

três × três =

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved