Governo estende uso de máscaras em aviões e transporte público

Wilson Smith

AGO (8)

A Administração de Segurança de Transportes (TSA) do Estados Unidos anunciou, hoje, que estenderá a obrigatoriedade do uso de máscaras em aviões e outros transportes públicos até meados de abril. A determinação segue a orientação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (C.D.C), que trabalha com agências federais revisando as políticas dos usos de máscaras.

De acordo com as recomendações do C.D.C a exigência se estenderá pelo menos até 18 de abril e se aplicará ao transporte público e aos centros de transporte. Sob a regra da TSA, passageiros em aviões, ônibus, trens, pessoas em aeroportos, estações e centros de trânsito devem usar máscaras.

O C.D.C estava consultando outras agências federais para determinar até quando as máscaras deveriam ser exigidas no transporte público, sempre levando em consideração a contagem de casos e os riscos de novas variantes, entre outras métricas. Mas, a extensão relativamente curta, que ocorreu quando os casos nos EUA despencaram, desde o pico do aumento da Omicron sinalizou que o governo federal pode estar se preparando para reduzir pelo menos em alguns lugares os requisitos exigidos atualmente.

A TSA disse em comunicado, ontem, que estava se preparando para um aumento de viagens bem movimentado no Spring Break, antecipando que o tráfego médio diário de passageiros ultrapassará 90% dos níveis pré-pandêmicos no resto do mês.

Nas novas orientações do C.D.C no final do mês passado sugeriu-se que a maioria dos americanos poderia parar de usar máscaras e praticar o distanciamento social  evitando espaços fechados lotados, desde que estivessem em áreas do país com menor risco. O relaxamento das regras do uso de máscaras em muitos estados dos EUA seguem as recomendações do Centro de Controle e Prevenção de Doenças.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Leave a Reply

Your email address will not be published.