Governo de Massachusetts emite nova ordem, e fecha comércios não-essenciais

Marcony Almeida

BOSTON, MA- FEBRUARY 13, 2020:  Lily's Beauty Salon is empty during business hours. Owner Lily Le is seen at the reception desk. Usually filled with students the Chinatown business has been severely impacted by the Coronovirus on February 13, 2020 (Staff Photo By Faith Ninivaggi/ Boston Herald/ Media News Group)

Diante de um aumento nos casos de coronavirus e nas mortes relacionadas à doença, o governador de Massachusetts, Charlie Baker, ordenou, hoje, o fechamento de todas as empresas não-essenciais do estado, em um esforço para conter a propagação da doença.

O pedido entra em vigor terça-feira (24), ao meio-dia, e permanece até 7 de abril, ao meio-dia. O Departamento de Saúde Pública também está emitindo um aviso de “ficar em casa” para a população em geral, que também ficará em vigor até 7 de abril, disse Baker.

“Todo mundo é aconselhado a ficar em casa e limitar todas as atividades desnecessárias”, disse ele em entrevista coletiva na State House. “Estamos pedindo a todos que usem seu bom senso, pensem no impacto que esse vírus está causando sobre doentes e idosos e que limitem suas interações com outras pessoas. Isso reduz as chances desse vírus se espalhar”.

As viagens não estão proibidas, mas as pessoas com mais de 70 anos ou com condições de saúde precárias são “fortemente” aconselhadas a ficar em casa e “limitar as interações” o máximo possível, disse Baker.

O decreto do governador também incluíram a proibição de aglomerações com mais de 10 pessoas, restringindo ainda mais o limite anterior que o estado havia imposto. Baker inicialmente limitou a 250 pessoas, e depois reduziu esse número para 25 pessoas.

Ele ressaltou que negócios essenciais, incluindo supermercados, farmácias, instalações médicas e postos de gasolina, permanecerão abertos. “Sempre permitiremos” que essas empresas essenciais permaneçam abertas, disse ele.

“O povo de Massachusetts está enfrentando esse desafio exatamente da maneira que esperamos – com determinação, cabeça fria e um senso de comunidade”, disse Baker.

Ele acrescentou que, embora áreas como parques públicos permaneçam abertos para exercícios, não devem haver jogos de futebol ou atividades similares que envolvam contato pessoal. “Isso espalha o vírus”, disse Baker. “Estamos aconselhando as pessoas a usarem o bom senso a cada passo que damos”.

Baker acrescentou que, embora os ônibus e trens continuem a operar, “isso não significa que é uma boa idéia pegar o trem para o centro da cidade para visitar amigos”. Ele ressaltou que o transporte público deve ser usado apenas para viagens essenciais.

Em relação às medidas agressivas do Estado para combater a propagação do vírus, Baker disse que “outras partes do mundo mostraram que isso é possível”. Ele falou que a ordem de fechamento de negócios não-essenciais seria aplicada principalmente “no nível local”, ou seja, cidade por cidade.

Termos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

14 − 7 =