Estado proibe por quatro meses vendas de cigarros eletrônicos

Marcony Almeida

vape-1

O governador Charlie Baker anunciou, hoje (24), a proibição de quatro meses à venda de todos os produtos de cigarros eletrônicos (vaping) em Massachusetts. Baker fez o anúncio em uma conferência de imprensa, na qual afirmou estar declarando uma emergência de saúde pública em conexão com doenças pulmonares relacionadas ao vaping.

Centenas de casos da doença foram notificados em todo o país e a comissária de Saúde Pública Monica Bharel já ordenou que todos os casos fossem relatados ao Departamento de Saúde Pública para o próximo ano. “Como uma comunidade, precisamos pausar as vendas para que nossos especialistas médicos coletem mais informações sobre o que está causando essas doenças relacionadas ao vaping com risco de vida”, disse Baker.

A proibição temporária será aplicada a produtos vaping com ou sem sabor, disse Baker, em lojas de varejo e online. A proibição se aplica a todos os produtos e dispositivos vaping, incluindo tabaco e maconha. Ele entra em vigor imediatamente, com a Secretaria de Saúde Pública planejando aprovar um pedido às 15h30.

Durante uma entrevista de rádio na terça-feira passada, a presidente do Senado, Karen Spilka, disse: “Esta é uma crise de saúde pública”. As autoridades do governo Trump anunciaram no início deste mês planos para remover produtos de cigarro eletrônico com sabor do mercado.

Termos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

13 + treze =

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved