Estado multa motéis por infrações trabalhistas

Wilson Smith

W

O gabinete da Procuradoria-Geral anunciou hoje (18), que três motéis de Massachusetts e seus gerentes pagarão coletivamente mais de $65.000 depois de enfrentar alegações de uma série de violações trabalhistas, incluindo falha em dar aos funcionários licença médica acumulada e atraso no pagamento de salários.

O escritório da Procuradora-Geral Bessie Dewar disse que o Worcester City Motel em Shrewsbury e seu gerente Ketan Patel, um Red Roof Inn em Sutton e seu gerente Charles Minasian e um Red Roof Inn em Woburn e seu gerente Robert Parsekian receberam três citações por falha em fazer oportunamente pagamento de salários, falha em fornecer licença médica sem remuneração e falha em manter registros verdadeiros e precisos da folha de pagamento e de cronometragem.

Os motéis e gerentes, todos afiliados pagarão mais de US$ 65.000 em restituição e multas para resolver as acusações. Funcionários disseram que os investigadores determinaram que a empresa afiliada devia a um dos trabalhadores um montante de US$ 35.000 em salários atrasados.

Eles disseram que os motéis também forneciam licença médica não remunerada, uma violação da lei estadual que exige que empresas com 11 ou mais funcionários ofereçam licença médica remunerada e dêem aos trabalhadores licença médica protegida após 90 dias de trabalho. Essa violação afetou uma média de trinta funcionários em todos os três locais, disse o escritório do procurador-geral.

 

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp