Biden receberá Lula na Casa Branca

Wilson Smith

BPD (1)

O presidente Joe Biden anunciou ontem (10) que receberá o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva na Casa Branca, em Washington, no mês de fevereiro.

Segundo informações oficiais da Casa Branca, Biden fez o convite durante uma ligação com Lula, após as notícias da invasão de instituições governamentais no fim de semana. Durante o contato o presidente Biden condenou a violência dos manifestantes e “Transmitiu o apoio inabalável dos Estados Unidos à democracia do Brasil e ao livre arbítrio do povo brasileiro, conforme expresso nas recentes eleições presidenciais do Brasil, vencidas pelo presidente Lula”, disse a Casa Branca em um comunicado.

O anúncio veio horas depois que Biden e seus colegas mexicanos e canadenses divulgaram uma declaração conjunta prometendo apoiar o recém-eleito líder do país, cujo antecessor alimentou dúvidas sobre sua legitimidade.

A declaração de condenação dos três líderes norte-americanos surgiu no momento em que participavam de uma cúpula e alguns democratas pediam a expulsão do antecessor, Jair Bolsonaro, dos Estados Unidos. Bolsonaro teria ficado na Flórida depois de faltar à recente posse de Lula.

Funcionários do governo Biden se recusaram a dizer se estavam pensando em expulsar Bolsonaro, mas observaram que o governo brasileiro não havia solicitado esta ação. Enquanto isso, uma organização de notícias brasileira informou que Bolsonaro havia sido internado em um hospital da Flórida em virtude de dores abdominais, embora esse relatório não pudesse ser confirmado imediatamente.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp