JUUL retira produtos vaping de hortelã do mercado

Marcony Almeida

ago

A gigante empresa de cigarros eletrônicos JUUL Labs interromperá todas as vendas de seus produtos de “vaping” de menta após estudos destacarem a popularidade do sabor entre os jovens. A decisão deixa a JUUL com apenas três sabores – tabaco clássico, o conhecido virgínia, e mentol – nos Estados Unidos e ocorre quando líderes estaduais e federais se movem em direção à proibição da venda de cigarros eletrônicos com sabor e produtos vaping.

Um estudo publicado terça-feira (5) na publicação JAMA descobriu que cerca de um em cada quatro alunos do ensino médio relatam usar cigarros eletrônicos, mais da metade dos quais nomeou JUUL como sua marca habitual. Um estudo separado, lançado no mesmo dia na mesma publicação, descobriu que a hortelã era o sabor mais popular entre os estudantes do ensino médio que usavam produtos JUUL.

“Esses resultados são inaceitáveis ​​e é por isso que devemos redefinir a categoria de produtos de vapor nos EUA e ganhar a confiança da sociedade trabalhando em cooperação com reguladores, procuradores-gerais, autoridades de saúde pública e outras partes interessadas no combate ao uso de menores de idade”, afirmou num comunicado o CEO da JUUL Labs, K.C. Crosthwaite.

Crosthwaite observa que a empresa “apoiaria” uma política da Food and Drug Administration para regular os sabores. A JUUL já havia retirado os sabores de manga, creme, frutas e vagens de pepino das prateleiras em outubro. As vendas de todos os produtos vaping permanecem proibidas em Massachusetts, sob regulamentos de emergência que o governador Charlie Baker revelou em resposta a crescentes relatos de doenças pulmonares associadas ao produto.

Termos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

quatro − três =

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved