15 anos de Brazilian Magazine: revista indispensável para brasileiros em Massachusetts

Eduardo Siqueira

Eu me sinto muito feliz de comemorar os 15 anos da revista Brazilian Magazine, porque participei de perto e de longe do seu início e sou testemunha ocular, ao vivo e a cores, do esforço feito pelo Mark e Marcony para criar um novo veículo jornalístico em Massachusetts. Dedico esta coluna ao excelente trabalho dos dois e ousarei então resumir o que percebi sobre a evolução da revista.

A revista Brazilian Magazine na verdade começou como um jornal semanal e depois de algum tempo se transformou em uma revista bimensal, sempre cobrindo uma variedade de assuntos de interesse dos brasileiros, com ênfase nas leis imigratórias dos Estados Unidos e nas campanhas desenvolvidas nas últimas décadas para regularizar o status de milhares de brasileiros, como a campanha da carteira de motorista para imigrantes indocumentados em Massachusetts. A revista incluiu há muitos anos também uma página em inglês para leitores que não lêem português, escrita pelo Mark. Muitos dos temas cobertos nessa página dizem respeito a assuntos políticos em Massachusetts e nos Estados Unidos, não necessariamente apenas do interesse dos imigrantes brasileiros, como as eleições presidenciais ou reformas políticas aprovadas pelo Congresso dos Estados Unidos ou pela Assembléia Legislativa do estado.

Embora a maioria dos leitores da revista residam em Massachusetts, faz muitos anos a revista incluiu correspondentes em Nova York e passou a cobrir temas de interesse regional da Nova Inglaterra e nacionais. Mais recentemente a revista passou a utilizar tecnologias de comunicação do século 21 ao gravar notícias através de vídeos nos quais o Marcony comenta acontecimentos importantes para a comunidade brasileira em curto espaço de tempo.

Como colunista da revista há muitos anos, já nem sei mais quantos, tive a oportunidade de colaborar com a revista através da coluna Trocando em Miúdos, cujo objetivo é tratar de temas na área da saúde de forma semileiga, além de muitos outros que surgiram ao longo dos anos. Nossa intenção era e é trocar em miúdos o que parece difícil, complicado e nem sempre acessível a grande número de brasileiros residentes em Massachusetts.

Tive a felicidade de conseguir que muitos dos estudantes de pós-graduação, professores, e colegas brasileiros que passaram um tempo na UMass Boston escrevessem colunas sobre os mais variados assuntos, conforme as pesquisas e estudos que desenvolveram no período que viveram na área metropolitana de Boston. Portanto, a “Trocando em Miúdos” se tornou uma coluna compartida com quase uma dezena de profissionais da saúde pública brasileiros ao longo de mais de uma década.

Como consequência dessa parceria com esses visitantes, muitas colunas abordaram questões e problemas de saúde enfrentados por brasileiros no Brasil e serviram para manter a comunidade imigrante brasileira a par do que rolava no Brasil. Em poucas palavras, a coluna reflete a vida transnacional de muitos brasileiros, que vivem aqui e lá ao mesmo tempo.

Além do foco nas questões de saúde, muitas colunas comentaram a situação política do Brasil e dos Estados Unidos, conforme o andar da carruagem, porque eu nunca separei as questões de saúde dos chamados determinantes sociais da saúde, como trabalho, renda, educação, moradia, etc.

A pandemia dos últimos 2 anos deixou claro para todos que não pode haver boa saúde para os imigrantes se o sistema de saúde dos Estados Unidos não oferece serviços de saúde acessíveis para os imigrantes. Tampouco pode haver boa saúde para os brasileiros aqui e lá se os governos de ambos os países não apoiam e reconhecem as necessidades dos imigrantes brasileiros nos Estados Unidos. Enfim, sempre procurei ter um pé aqui e um pé lá para dar conta do recado.

Termino agradecendo a oportunidade que Marcony e Mark me deram para divulgar o que acho importante e útil para os leitores dessa maravilhosa revista. Parabéns e muitos anos de vida para a Brazilian Magazine!! Tamo junto!!

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp