Uber e Lyft são processadas por violações trabalhistas

Marcony Almeida

AGO (7)

Massachusetts se tornará o segundo estado a entrar com ações legais contra os gigantes Uber e Lyft por causa de sua classificação de trabalhadores, um sistema que a Procuradora Geral, Maura Healey, argumenta que “deixa quase 200 mil motoristas sem acesso aos principais benefícios do emprego”. Healey entrou com uma ação no Tribunal Superior de…...

Este conteúdo é apenas para assinantes. Exclusive for subscribers.
Login Subscribe

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp