Salada contaminada mata duas pessoas e provoca várias internações nos EUA

Wilson Smith

SAN FRANCISCO - JUNE 19:  Fresh Express & Ready Pak Pre-Packaged salad sits on the shelf at a Bell Market grocery store June 19, 2003 in San Francisco, California.  Packaged salad which was near non-existent a decade ago has become the second fastest selling item on grocery shelves behind bottle water, overall the retail market for bagged salad is $2 billion annually.  (Photo by Justin Sullivan/Getty Images)

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) estão investigando um surto de contaminação pela bactéria listeria, devido ao consumo das saladas empacotadas pela Dole Food. A listeria é uma bactéria que pode ser contraída pelo consumo de alimentos manipulados por alguém contaminado, que não tenha lavado as mãos adequadamente.

A listeria pode causar sintomas como febre, náusea e fortes dores de cabeça. Em alguns casos é grave, às vezes fatal nos indivíduos com imunidade baixa. A Dole está fazendo o recolhimento dos produtos em todas as lojas. Uma medida necessária e urgente, pois o surto adoeceu 17 pessoas, resultando em 13 hospitalizações, e infelizmente duas mortes.

O recolhimento inclui todas as saladas da marca Dole, bem como várias marcas próprias, como: Ahold, HEB, Kroger, Lidl, Little Salad Bar, Marketside, Naturally Better, Nature’s Promise, President’s Choice e Simply Nature.

O CDC aconselha os consumidores a jogar fora ou devolver esses produtos e limpar geladeiras ou outras superfícies que entraram em contato com as saladas. “A listeria pode sobreviver na geladeira, e também se espalhar facilmente para outros alimentos e superfícies”, reforçam.

 

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Leave a Reply

Your email address will not be published.