Obras e atraso no metrô da linha vermelha se estenderão até outubro

Marcony Almeida

Red line

Oficiais da MBTA que inicialmente disseram que os atrasos na linha vermelha do metrô de Boston continuariam “pelo menos até o Dia do Trabalho”, em 2 de setembro, agora estimam o mês de outubro para a restauração do serviço completo ao público.

Progressos foram feitos para reparar a infraestrutura de sinais danificadas por um descarrilamento em 11 de junho, e a linha vermelha agora está executando tantos trens da hora de pico quanto normalmente fazia antes do acidente, embora em velocidades mais lentas. No entanto, a gerente geral da MBTA, Steve Poftak, disse na segunda-feira (5), que espera que sejam necessários outros dois meses para devolver todo o sistema a sinais eletrônicos totalmente automatizados.

“Estamos atualmente executando uma programação completa de trens durante o horário de pico, cerca de 28 equipamentos”, disse Poftak a repórteres em um evento na South Station. “No entanto, porque eles ainda são manualmente sinalizados através de várias partes principais da rota, é obviamente mais lento do que gostaríamos. Ainda estamos trabalhando muito para conseguir tudo de volta, e esperamos que tudo esteja normal em algum momento em outubro”.

Poftak disse que vários “reparos incrementais” devem ajudar a reduzir os atrasos que foram inicialmente previstos em 10 a 20 minutos na área do descarrilamento, quando menos trens estavam em operação.

Sinais entre o JFK/UMass, onde ocorreu o acidente, e a Broadway, foram restaurados recentemente, um projeto que, segundo funcionários da MBTA, deve reduzir em cinco minutos a maioria dos tempos de viagem.

Termos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

4 × três =

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved