MBTA, Massport não exige mais máscaras dos viajantes

Wilson Smith

AGO (14)

Foi anunciado hoje por funcionários do Departamento de Transportes de Massachusetts que as máscaras não serão mais necessárias em veículos e propriedades da MBTA, o comunicado ocorreu um dia depois que uma juíza federal da Flórida derrubou um mandato nacional sobre a obrigatoriedade do uso das máscaras nos sistemas de transporte público.

O secretário de Transportes Jamey Tesler disse que “O estado seguiu a orientação federal no que diz respeito ao uso obrigatório das máscaras e, para ser consistente com isso, estamos suspendendo o mandato de obrigatoriedade nos centros de transporte da comunidade e na maioria dos veículos de transporte público”, concluiu Tesler.

Na segunda-feira, a juíza do Tribunal Distrital dos EUA, Kathryn Kimball Mizelle anulou um requisito do Centros de Controle e Prevenção de Doenças (C.D.C.) que obrigava o uso de máscaras no transporte público, determinando que o mandato “Excede a autoridade estatutária do C.D.C. e viola os procedimentos necessários para a criação de regras da agência”, disseram documentos do tribunal.

Como resultado da decisão, a Administração de Segurança dos Transportes disse que não aplicaria mais uma ordem exigindo máscaras no transporte público e nos centros de transporte. Os sistemas de trânsito de massa nos Estados Unidos agora podem decidir por si mesmos se devem manter ou eliminar o uso das máscaras por seus usuários.

O gerente geral da MBTA, Steve Poftak, disse que, embora as máscaras não sejam mais obrigatórias em trens, ônibus e balsas, os passageiros ainda podem usá-las, o importante é o conforto de cada um.

Em comunicado Poftak lembrou que “A MBTA continua comprometida com a segurança e continuará aderindo a todas as orientações de saúde pública do C.D.C. e de Massachusetts, a TSA continua limpando veículos e estações regularmente e atualizando os sistemas de filtragem de ar”, finalizou.

Como parte da orientação atualizada da TSA, o MassDOT disse que os viajantes usuários das instalações sob o domínio da Autoridade Portuária de Massachusetts, bem como o Aeroporto Internacional Logan ou o Terminal de Contêineres Conley em Boston, também estão desobrigados do uso das máscaras faciais.

Um porta voz da Massport disse ao News Service que os funcionários da Autoridade Portuária de Massachusetts começaram a remover na manhã de terça-feira as placas associadas aos requisitos da obrigatoriedade do uso das máscaras faciais no Aeroporto de Logan.

Lisa Wieland, CEO da Massport, supervisora do Aeroporto Regional de Worcester e do Hanscom Field em Bedford, disse em comunicado que “De acordo com as orientações da TSA, o uso das máscaras faciais agora será opcional nas instalações do aeroporto e nos ônibus Logan Express. Ainda pode haver certos requisitos a bordo de voos internacionais, por isso incentivamos esses passageiros a verificar com sua companhia aérea e destino”, conclui Wieland.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp