Juíza que ajudou imigrante indocumentado volta à Corte

Wilson Smith

Judge

O Tribunal Superior de Massachusetts encerrou a suspensão da juíza do Tribunal Distrital de Newton, Shelley Joseph, ontem (16). A decisão havia permitido que ela voltasse ao trabalho depois que o departamento de justiça retirou as acusações de ajudar um imigrante indocumentado a fugir de um agente federal que tinha ido ao tribunal para detê-lo em 2018.

A Suprema Corte Judicial ordenou que Joseph fosse reintegrada porque sua suspensão foi “Baseada apenas no fato de ela ter sido indiciada por suposta má conduta no desempenho de suas funções judiciais. As acusações contra a juíza foram indeferidas. A ordem de suspensão, portanto, é rescindida, com efeito imediato”, de acordo com uma cópia da decisão.

Joseph foi suspensa em abril de 2019, depois que o escritório do promotor de Massachusetts dos EUA indiciou ela e um oficial do tribunal por acusações de obstrução da justiça. A acusação relatava que a juíza e o oficial ajudaram a impedir que um agente federal da Imigração e Alfândega levasse um imigrante sob custódia, permitindo que ele deixasse o tribunal por uma porta dos fundos segura, enquanto o agente foi obrigado a esperar em um saguão.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp