Governo fechará locais de vacinação e irá transferí-los para regionais

Marcony Almeida

Vax[10392]

O Governador Charlie Baker disse nesta Segunda-feira que Massachusetts planeja fechar quatro dos sete locais de vacinação em massa até o final de junho, uma vez que o Estado está atualmente superando o resto do País em termos de vacinação da COVID-19, com quase 4 milhões de residentes total ou parcialmente imunizados contra o vírus.

“Agora que acreditamos que atingiremos a meta de 4,1 milhões nas próximas semanas, é hora de adaptar nosso esforço de vacinação para garantir que cheguemos a algumas das populações mais difíceis de alcançar”, disse Baker durante entrevista na State House.

Para isso, o Estado começará parte desta mudança fornecendo 22 colaboradores regionais com mais doses para executar seus programas, duplicando a alocação de vacinas para 20 das comunidades mais afetadas, expandindo as clínicas móveis de vacinação.

O Governador acrescentou que mais de 21 mil doses foram administradas através de esforços de vacinação móvel em vários municípios, incluindo Boston, Chelsea, Brockton, Fall River, Springfield e New Bedford.

“As clínicas móveis têm sido bastante eficazes em nossas comunidades e para alcançar pessoas de cor. Até agora, mais de 60% de quem recebeu vacinas nessas clínicas são pessoas de cor. Continuaremos a expandir os esforços em todo o Estado para levar vacinas aos centros de idosos, casas de culto, YMCAs e outras organizações comunitárias”, afirmou.

Dr. Paul Biddinger, Diretor Médico de Preparação para Emergências do Mass General Brigham e Presidente do Grupo Consultivo de Vacinas COVID-19 do Estado, também falou com os jornalistas e estimulou os residentes a se vacinarem. “Só nas últimas semanas, os dados mostraram que pessoas com mais de 65 anos têm 94% menos chances de serem hospitalizadas se forem vacinadas.  E em todas as faixas etárias, dados mostram que pessoas totalmente vacinadas têm risco de morte reduzido em mais de 29 vezes comparado aos que não foram vacinados”, disse Biddinger.

Em um comunicado, a Massachusetts Medical Society afirma que essa ideia faz muito sentido: “A Sociedade Médica de Massachusetts elogia o Governador Baker, o Secretário Sudders e a administração por reconhecerem o importante papel que os médicos de cuidados primários da comunidade desempenharão no aumento da pressão da Commonwealth para vacinar os moradores da forma mais rápida e equitativa possível”.

A declaração afirma que a queda do número de hospitalizações e mortes comprova que a vacinação é eficaz. “Acreditamos que os médicos podem implantar uma abordagem personalizada para sensibilizar os pacientes que ainda não foram vacinados, especialmente aqueles que precisam superar a falta de acesso devido a lacunas de equidade, além daqueles que ainda podem estar hesitantes em se vacinar”, diz a nota.

Durante a coletiva de imprensa, as autoridades mencionaram repetidamente o trabalho das clínicas móveis e as colaborações regionais em comunidades como East Falmouth, Orleans, West Barnstable, Attleboro, Fall River, Somerset, Taunton, Chicopee, Marshfield, Westborough, Amherst, Northampton, Palmer, Upton, Uxbridge e West Springfield, de acordo com o website oficial do Estado, www.mass.gov

O Governador informou que os colaboradores da regional Metro North começarão a operar em três novas clínicas, incluindo uma no cassino Encore em Everett, no Tufts Campus, em Medford, e na Cambridge Health Alliance em Somerville. Já o Boston Medical Center agendará consultas para indivíduos no centro comercial South Bay, em Dorchester.

Além disso, Lynn, New Bedford, Worcester e Fall River estão oferecendo mais clínicas móveis nas igrejas e templos, em diferentes idiomas, e Brockton está mantendo várias clínicas em habitações municipais e no Westgate Mall”.

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Leave a Reply

14 − 5 =