Governo emite novas regras para as festas de Fim de Ano

Marcony Almeida

ago (21)

O coronavírus matou mais de 11.000 pessoas em Massachusetts este ano, e aumentou o número de infecções enquanto as pessoas se reuniam contra as recomendações médicas e estaduais para o Dia de Ação de Graças, disse hoje o governador Charlie Baker enquanto exortava as pessoas a levarem as precauções de segurança do COVID-19 mais a sério no Natal e durante a temporada de Ano Novo.

O Departamento de Saúde Pública emitirá novas orientações para oferecer dicas sobre como celebrar com segurança o Hanukkah, o Natal, o Kwanzaa e o Ano Novo em meio a uma pandemia global. “É muito simples”, disse Baker sobre a nova orientação do DPH (Department of Public Heatlh). “A forma mais segura de comemorar este ano é com os membros da sua própria casa, adiar ou cancelar quaisquer planos de viagem e evitar encontros com pessoas com quem você não vive. Qualquer tipo de celebração além disso tem potencial real de espalhar o vírus e ferir aqueles que mais amamos, como vimos durante a época de Ação de graças.”

O governador fez um apelo semelhante ao público antes do Dia de Ação de Graças, mas com base em seus comentários e nos dados que apresentou, parece que um número insuficiente de pessoas deu ouvidos às advertências do governador no mês passado. Ele disse que espera que mais pessoas alterem seus planos tradicionais de férias porque “acabamos de ver aquele filme” e agora estamos vendo os impactos que teve.

No dia 1º de dezembro, quatro dias após o Dia de Ação de Graças, o estado estava recebendo em média 2.400 novos casos de COVID-19 por dia. Uma semana depois, cerca de 10 dias após o Dia de Ação de Graças, o número médio de novos casos diários quase dobrou, chegando a quase 4.800, disse Baker.

 

Termos

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

3 × 2 =