Arquivos EUA - Brazilian Magazine

Brazilian Magazine

Trump é um ‘exemplo a ser seguido’, diz Jair Bolsonaro nos EUA

O presidenciável e deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) disse nesta segunda-feira que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é um exemplo a ser seguido e um modelo para ele, caso venha a ser eleito nas eleições gerais brasileiras de 2018.

“Trump serve como um exemplo […]. Estou ciente da distância entre Trump e eu, mas posso tentar me aproximar dele pelo bem do Brasil e dos EUA”, disse Bolsonaro de Boston (EUA), de acordo com o jornal Folha de S. Paulo.

Bolsonaro está em uma viagem de sua pré-campanha pelos Estados Unidos, onde se já encontrou com pastores evangélicos, empresários e investidores.

Em suas conversas, Bolsonaro defendeu o porte de armas para todos os cidadãos brasileiros, como é regra nos Estados Unidos, porque em sua opinião “um povo desarmado é um povo manipulado”.

O parlamentar também minimizou a relação entre o porte de armas e o recente massacre de Las Vegas, que ele chamou de “outra fatalidade”.

Bolsonaro ainda elogiou o patriotismo dos norte-americanos e prometeu que, se ele for eleito para governar o Brasil, ele colocará vários militares nos ministérios.

Ex-capitão do Exército, o deputado aparece em segundo lugar na preferência dos brasileiros para as eleições que serão celebradas em outubro de 2018, de acordo com pesquisas recentes do instituto de opinião Datafolha.

Em primeiro aparece o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), embora sua candidatura possa ser invalidada se uma sentença por corrupção for confirmada em segunda instância.

 

Flávio Perez
flavio@brazilianmagazine.net
Direto da Redação

Estados Unidos pode ser atingido por novo furacão neste final de semana

A tempestade tropical Nate ganhou força após passar pela península de Yucatán, no México, e deve chegar como um furacão na Costa do Golfo dos Estados Unidos neste final de semana.

O fenômeno meteorológico causou 21 mortes na América Central e deve atingir os Estados Unidos como um furacão de categoria 1 — a mais fraca na escala de cinco categorias usada por meteorologistas.

Os estados de Louisiana e do Mississippi já declararam estado de emergência e algumas plataformas de petróleo da região foram evacuadas. O governo do Mississipi afirmou que irá abrir 11 abrigos nas áreas mais próximas da costa e que irá fornecer ônibus para quem não puder dirigir.

Segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês), Nate soprava ventos máximos sustentados de 97 quilômetros por hora nesta sexta-feira (6).

 

Flávio Perez
flavio@brazilianmagazine.net
Direto da Redação

Imprensa: Casa Branca e Departamento de Estado estão em pé de guerra

As relações entre o secretário de Estado, Rex Tillerson, e o presidente dos EUA, Donald Trump, estão em péssimo estado, informou CNN nesta sexta-feira, citando fontes no governo executivo dos EUA.

A emissora destacou que, na opinião de muitos funcionários da administração norte-americana, os dias de Tillerson na chefia da política externa dos Estados Unidos estariam praticamente contados.
“Mais de dez fontes na administração e nos círculos diplomáticos descrevem que as relações entre Tillerson e Trump estão vivendo o seu ponto mais baixo”, informou a CNN.

Segundo os dados da TV, o secretário de Estado e o presidente não conseguiram formar um relacionamento de confiança, ao contrário de outros membros do gabinete de Donald Trump.

Além disso, segundo a emissora, o secretário de Estado havia dito aos amigos que pretendia permanecer no seu cargo por “no mínimo dois anos”. No entanto, em função da irritação com as ações do presidente, Tillerson agora estaria pronto para deixar a pasta bem antes.

Não é a primeira vez que a imprensa noticia tensões entre a Casa Branca e o Departamento de Estado. Até o momento, porém, Trump tem garantido, pelo menos em público, confiar completamente na gestão da política externa de Rex Tillerson.

 

Flávio Perez
flavio@brazilianmagazine.net
Direto da Redação

Trump reduz ainda mais a cota para refugiados em 2018

O presidente dos EUA, Donald Trump, assinou o memorando sobre cotas para refugiados no país para o ano de 2018, informou a assessoria de imprensa da Casa Branca.

“A admissão de até 45 mil refugiados aos EUA no ano financeiro de 2018 é justificada pela preocupação com os problemas humanitários e atende aos interesses nacionais”, informa o comunicado da administração presidencial norte-americana.

O informe destaca que serão admitidos 19 mil refugiados da África, 5 mil da Ásia Oriental, 2 mil da Europa e Ásia Central, 1,5 mil da América Latina e dos países do Caribe, e 17 mil do Sul da Ásia e do Oriente Médio.

O ano financeiro de 2018 norte-americano começa em 1 de outubro de 2017.

Em janeiro, em paralelo à medida que proibiu imigrantes de sete países muçulmanos de entrar nos EUA, Trump também reduziu de 110 mil para 50 mil a cota de refugiados para o ano de 2017.

Trump continua a defender mais rigor no ingresso aos EUA.

 

Flávio Perez
flavio@brazilianmagazine.net
Direto da Redação