Quando você poderá comprar maconha legalmente em Massachusetts?

Flávio Perez

Os eleitores de Massachusetts aprovaram a maconha para uso medicinal em 2012, mas o estado levou quase três anos para abrir seu primeiro dispensário de cannabis.

A abertura das lojas de varejo está sendo bem mais ágil, mesmo com alguns atrasos e a incerteza provocada pelo Procurador Geral dos EUA, Jeff Sessions.

Quando os eleitores do Bay State (Massachusetts) foram às urnas em novembro de 2016, eles aprovaram uma questão eleitoral que legalizava a maconha recreativa. (A maconha ainda é ilegal no nível federal, conforme os promotores federais continuam observando).

O crescimento e o oferecimento de maconha tornaram-se legais sob a lei estadual em dezembro de 2016, mas o governador Charlie Baker e os legisladores estaduais mexeram no cronograma, atrasando uma série de prazos importantes em seis meses ao tentarem reescrever as leis sobre a maconha aprovadas pelos eleitores.

Isso significa que estados como a Califórnia, cujos eleitores aprovaram a maconha recreativa ao mesmo tempo que Massachusetts, venceram o Bay State para abrir lojas de varejo de maconha.

Se você quer ter uma instalação de cultivo de maconha, o período de inscrição para essas licenças começa em 1º de maio. Outros que procuram uma licença de varejo de maconha poderão se inscrever em 1º de junho. A comissão pode emitir as primeiras licenças de varejo a partir de 1º de junho de 2018. (Elas não podem emitir aprovações antes dessa data.)

Se tudo correr de acordo com o cronograma descrito e estabelecido na lei estadual, as lojas de varejo para comercialização de cannabis (os chamados Clubes de Maconha) devem abrir em 1 de julho deste ano.

A data específica de 1º de julho não está explicitamente na lei sobre a maconha de Massachusetts, mas é a data que os reguladores estatais estão buscando porque é quando as pessoas estão amplamente esperando que elas sejam abertas.

Quantas lojas (clubes de maconha) serão licenciadas?

O número de lojas que serão abertas aos clientes ainda não está claro.

Kamani Jefferson, presidente do Massachusetts Recreational Consumer Council, disse em um painel recente sobre a maconha que o estado poderá ter entre 25 lojas e talvez 30 clubes de maconha, até 1º de julho.

Jim Smith, sócio fundador de Smith Costello e Crawford e ex-representante do estado de Lynn, tem uma visão mais otimista. Também como palestrante na cúpula sobre a maconha elaborada pelo State House News Service, Smith disse que haverá mais de 25 lojas e poderá chegar a 40 ou até 50 clubes de maconha.

Fumar maconha em público ainda é proibido nos mesmos lugares onde o tabaco é.

 

Por Flávio Perez
flavio@brazilianmagazine.net
Direto da Redação

Termos

Compartilhe

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved