De olho no futebol, dono do Revolution anuncia construção de centro de treinamento

Marcony Almeida

Mar

O time de futebol New England Revolution sempre foi tratado como um “inquilino” no Gillette Stadium, mesmo pertencendo ao mesmo dono do Patriots. Mas eles podem estar tomando medidas para escapar da sombra dos Patriots, graças a uma instalação de treinamento de US$ 35 milhões e à esperança de um possível estádio específico para o futebol em Boston.

“Esperamos que esta seja a primeira de duas grandes inovações”, disse o investidor e operador do Revolution, Robert Kraft, em uma cerimônia anunciando a construção de um novo local de treinamento na segunda-feira (15), “que vai tornar o futebol ainda mais forte em nossa comunidade”.

O grupo do Kraft investiu mais de US  10 milhões em projetos e outras despesas relacionadas ao planejamento de estádios, de acordo com uma fonte próxima às negociações. “Estamos realmente trabalhando muito nisso. E eu sei que as pessoas não acreditam, então as ações falam mais alto que palavras, e temos que fazer acontecer”.

A configuração do local de treinamento do Revolution deve ser concluída no próximo ano e pode superar as instalações de treino dos Patriots. Os planos são para um edifício de 42 mil pés quadrados (que incluirá uma barbearia), além de três campos de treinamento em tamanho real (dois gramados naturais, um gramado artificial) em 68 acres atrás do Gillette Stadium.

“Isso não nos impede de fazer algo com um estádio em outro local; temos planos para a construção de um estádio em outra área”, disse o presidente da Revolution, Brian Bilello. “Mas a quantidade de terra que temos aqui nos dá flexibilidade no momento”.

Termos

Compartilhe

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved