Boatos de imigração causam confusão na abertura de cassino em Everett

Marcony Almeida

CArroice

A abertura do cassino Encore Boston Harbor, em Everett, no último dia 23, movimentou não só a cidade mas o estado inteiro. A gerência esperava um público de até 50 mil pessoas, e por isso o governo estadual enviou para o local polícias estaduais para coordenar o longo tráfego esperado no local. Aí é que começou a confusão. Durante essa útlima semana, o telefone do Grupo Mulher Brasileira não parou de tocar, com brasileiros desesperados ligando dizendo que os oficiais de Imigração estavam no rotativo que leva à rota 99, ou Broadway, próximo ao cassino.

“Tinha ‘house cleaners’ cancelando as limpezas dizendo que não sairiam de casa para trabalhar”, disse a diretora-executiva do Grupo, Heloísa Galvão. O “boato” rapidamente se espalhou pela comunidade que começou a postar mensagens nas redes sociais e ligar para programas de rádio. A reportagem da Brazilian Magazine, no entanto, se dirigiu ao local e confirmou que o policiamento era mesmo dos agentes estaduais controlando o trânsito, e não funcionários federais de Imigração.

O medo causado pelo recente anúncio do Presidente Trump de “prisão em massa” nas principais cidades do país deve ter sido a principal causa do boato. “As pessoas estão assustadas, e quando veem vários carros de polícia onde geralmente não constumam estar, já causa pavor no povo”, completou Galvão. Os policiais estaduais já deixaram a àrea, e a polícia de Everett confirmou que apenas os agentes da cidade continuará de prontidão para controlar o trânsito.

Termos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

dezenove + 2 =

P.O. Box 490543
Everett, MA 02149

Publicidade e Anúncio

© Copyright 2017 | Brazilian J. Magazine
All rights reserved