25/05/2017 - 13:13

Deputados votam contra xerife anti-imigrante em Massachusetts


Após a vitória de Donald Trump, o xerife  de Bristol County, em Massachusetts, (onde fica a cidade de New Bedford e região), Thomas Hodgson, disse que enviaria os presidiários sob sua responsabilidade para ajudar na construção do muro entre os Estados Unidos e o México, proposto por Trump durante a campanha. Hodgson, republicano conservador e árduo apoiador do Presidente americano, disse que os presidiários poderiam trabalhar na construção do muro e serem recompensados. Mas, ontem, os deputados de Massachusetts disseram não.

Numa votação com quase três horas de debate, os deputados estaduais democratas votaram um projeto de lei proibindo que presidiários sejam enviados fora do estado para construir o muro ou para qualquer outra atividade trabalhista. O projeto, de autoria do deputado português de New Bedford, Antonio Cabral, recebeu quase que unanimidade dos votos (120 a favor contra 35). Apenas um republicano votou a favor do projeto democrata, e apenas dois democratas (representantes das cidades de Milford e Gardner) votaram contra o texto.

O projeto segue agora para o senado e sanção ou veto do governador Charlie Baker. Baker ainda não se posicionou sobre a legislação. Esse foi o primeiro projeto de lei relacionado a imigração debatido na Assembleia de Massachusetts desde a vitória de Trump. 



COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA