05/09/2016 - 17:52

Entrevista: o jornalista motivacional Fabiano Ferreira


Ele é exatamente o que falta no mercado jornalístico brasileiro de Massachusetts; um dos poucos profissionais formados em jornalismo, ético, e que leva a profissão a sério. O paulista Fabiano Ferreira é também palestrante motivacional, e há pouco mais de um ano residindo no estado tem transformado o mercado de comunição local. Agora, ele ingressa num projeto diferente que, com a ajuda da tecnologia, vai levar notícias de primeira qualidade para os brasileiros que vivem na terra do Tio Sam. O co-editor da Brazilian Magazine, Marcony Almeida, sentou para uma conversa com Fabiano Ferreira, que fala sobre o novo canal digital brasileiro em Framingham,  sua opnião sobre os veículos de imprensa brasileiro local, e o recado especial – e de motivação – que ele manda para os compatriotas que vivem por aqui.

Brazilian Magazine (BM): Quem é o jornalista Fabiano Ferreira e como veio parar nos E.U.A.?

Fabiano Ferreira (FF): Eu nasci em Ouroeste, interior de São Paulo e me formei em jornalismo em 1998. Trabalho em redações há 21 anos e a maior parte da minha carreira foi em jornal impresso, na cidade de São José Rio Preto (SP), região Noroeste do estado de São Paulo. Também apresentei programa de entrevistas numa afiliada do SBT e na TV Cidade. Acabei vindo para os Estados Unidos porque sempre quis uma experiência de morar fora, aprender inglês, conhecer outras culturas. Estou aqui há um ano e quatro meses e agora já considero que me adaptei e que tenho bons amigos.

BM: O que você acha do mercado brasileiro jornalístico em Massachusetts?

FF: O meio jornalístico aqui é bem diferente do que eu tinha contato no Brasil. O mais interessante é que se faz uma comunicação comunitária, mas com vistas a algo mais global, já que temas como imigração são recorrentes. Percebo que a cada dia os veículos estão migrando mais para a internet, mas que o papel ainda é forte. Aos poucos os veículos têm feito algumas inovações ao mesmo tempo que ainda mantém o tradicionalismo. Percebo que tem muita mudança ocorrendo e torço para que cada vez mais a preocupação seja com a informação correta, bem apurada e que agregue valor à comunidade.

BM: Fale um pouco do seu novo programa Super Business e do canal www.br-usa.tv. Qual é a diferença desse novo veículo e o que traz de enriquecedor para o jornalismo brasileiro aqui?

FF: O programa é um projeto que já executei no Brasil, mas que aqui dei outra roupagem. A ideia é entrevistar pessoas que tenham algo a dizer, quer seja sobre negócios, empreendedorismo, ideias, ou mesmo histórias de vida. É um bate-papo no formato do já conhecido talk show, com gente da comunidade, que de uma forma ou de outra contribui para a vida do imigrante brasileiro nos EUA. Alguns já foram para o ar e agora estão disponíveis na plataforma virtual da tv e no Youtube.

Sobre a BR TV é um projeto inovador, que tem como missão mostrar o que há de melhor na comunidade brasileira, com programas de entretenimento, informação e prestação de serviços. Estamos no ar desde o final de julho e as pessoas podem assistir baixando nosso app (br-usa.tv) na Apple Store ou Google Play, além de ver pelo site www.br-usa.tv ou na TV (Amazon TV, Apple TV, Roku e ChromeCast).

BM: Você tem faz palestras (workshops) de motivação e sucesso. O brasileiro em Boston é motivado? O que está faltando para o sucesso de nosso povo aqui?

FF: O brasileiro é sim muito motivado. São pessoas com muita garra e coragem e por isso mesmo muitos se dão bem e superam a si próprios. Talvez o que falte é uma união maior. Percebo que os brasileiros se ajudam muito nos problemas, mas a ajuda também deve ocorrer nas situações boas, no compartilhamento de informação, nos conselhos, esclarecimentos, ajuda no sentido mais amplo e não somente nas tragédias. Mas isso é questão de tempo, pois acredito que a cada dia todos vamos contribuindo e construindo novas histórias.

BM: Seu recado “especial” para nossos leitores:

FF: Em primeiro lugar quero parabenizar todos vocês da Brazilian Magazine, pois acompanho as edições e o excelente trabalho que vocês fazem. Tenho aprendido muito sobre a comunidade brasileira aqui nos EUA por meio das reportagens e artigos que vocês publicam. Meu recado para os leitores é que aproveitem cada vez mais para investir no conhecimento, pois isso é algo que ninguém nunca nos tira. Podemos perder tudo na vida, mas o que construímos emocional, intelectual e espiritualmente é que o nos mantém de pé na jornada. A todos, força sempre!



COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA