04/01/2016 - 15:39

Loja em Worcester é penalizada em $25 mil por discriminar imigrantes


Uma loja em Worcester, região central de Massachusetts, foi multada por discriminar um imigrante latino, acusando-o de roubo, e utilizando palavras discriminatórias por sua origem latina. Honey Farms, Inc. (Honey Farms) concordou em pagar na justiça uma multa de $25 mil, além de oferecer treinamento anti-discriminatório e mandatório a seus funcionários, após o gerente da empresa seguir um cliente latino e acusá-lo de roubo.

Uma investigação da Divisão de Direitos Civís da Procuradoria Geral do Estado comprovou que não houve roubo, e que o gerente estava apenas discriminando o cliente por sua origem imigrante. “Clientes não podem ser seguidos, detidos, ou acusados injustamente de roubo baseado em sua raça ou estereótipo”, disse a Procuradora Geral Maura Healey. “Discriminações intencionais ou não atingem seriamente nossas comunidades, e nosso escritório trabalha para acabar com todas as formas de discriminação racial”, completou. Pessoas que se sentirem discriminadas por algum motivo, podem ligar para (617) 963-2917. 



COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA