Governo Trump exigirá históricos de mídias sociais, antes de aprovar vistos

Compartilhe:

A administração de Donald Trump planeja exigir de todos os requerentes a vistos de entrada nos Estados Unidos um histórico dos últimos cinco anos de postagens em mídias sociais, de acordo com anúncio feito, ontem, pelo Departamento de Estado Americano (State Deparment). O plano seria um novo requerimento, além dos já exigidos, para a emissão de vistos temporários ou residência permanente (Green Card) no país.

As estimativas do governo é que a nova regra, ainda em fase de aprovação final, deve afetar cerca de 15 milhões de pessoas que solicitam vistos de entrada nos Estados Unidos, incluindo aqueles com processo de Green Card. Há exceções na nova exigência para aqueles diplomatas e vistos considerados oficiais.

Mas a nova possível exigência não se limitará às comunicações em mídias sociais. O governo planeja ainda solicitar histórico de números de telefones, endereços de e-mail, qualquer violação anterior de leis de imigração no país, além de histórico familiar com possível envolvimento em atividades terroristas.

As organizações de direitos civís já planejam uma “briga legal” na justiça, alegando que a regra fere a privacidade dos indivíduos. A admistração Trump, no entato, diz que a exigência é necessária para a segurança interna dos Estados Unidos. A regra, no entanto, não pretende exigir senhas de usuários ou acesso às mídias sociais pelos funcionários de Imigração daqueles que entram no país, apesar da ideia ter sido cogitada anteriormente pelo governo.